top of page
  • Foto do escritorJuliana Sales

A novela da rodovia MG-437


A novela da rovida MG-437

Os transtornos da obra de pavimentação da rodovia que liga Nova Lima à Sabará estão longe de acabar. Neste fim de semana, o Secretário de Obras e Serviços Urbanos de Nova Lima comunicou que não há previsão de conclusão da obra até o final do mandato do atual prefeito.


A obra, que teve apenas 14% da sua conclusão, está paralisada sob justificativa de falta de recursos financeiros do Estado. A Prefeitura de Nova Lima assumiu a responsabilidade pelo asfaltamento, incluindo o trecho que fica no município de Sabará.


Um projeto caro, que inicialmente custaria aos cofres públicos R$40 milhões, e desses, mais da metade seriam desembolsados por Nova Lima para a sua conclusão, sem a garantia de nenhuma contrapartida. Agora, com o distrato da empresa, serão gerados mais gastos com o novo processo de licitação e, consequentemente, mais tempo para execução e mais atrasos, evidenciando a má gestão dos recursos financeiros e principalmente o descaso do governo estadual com nosso povo.


A conclusão do asfaltamento da MG-437 não só ajudaria a desafogar o trânsito na única rodovia de acesso à Nova Lima, a MG-030, como também seria uma alternativa de deslocamento para cidades como Raposos, Rio Acima, Caeté e a região leste de Belo Horizonte.


Enquanto isso, o povo de Nova Lima segue sem estrada asfaltada, convivendo com a falta de segurança para transitar por ali, moradores das proximidades respiram a poeira intensa que causa doenças respiratórias, sujam as roupas no varal e prejudica o comércio local. Aí eu pergunto, até quando? Porque fizeram tanto espetáculo para anunciar uma obra sem a segurança de que ela aconteceria? Nosso povo não merece passar por isso. Sigo no meu papel de fiscalizar e acompanhar de perto todos os desdobramentos dessa obra. A falta de responsabilidade e ingerência das gestões não podem passar impunes.

Comments


bottom of page